Apocalipse 18 – Babilônia Sai Dela Povo Meu – Povo de Deus

Babilônia Sai Dela Povo Meu - Povo de Deus - Apocalipse 18Sai Dela, Povo Meu, Povo de Deus

Saí de Babilônia

18.4-6 E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas.
Porque já os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou das iniquidades dela.
Tornai-lhe a dar como ela vos tem dado, e retribuí-lhe em dobro conforme as suas obras; no cálice em que vos deu de beber, dai-lhe a ela em dobro.

                   Povo de Deus - “Sai dela, povo meu, para que não sejas participantes dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas”.  Saí de Babilônia.

                  Neste versículo Deus demonstra misericórdia e pede para aqueles que são povo de Deus e não estão alienados pela falsa religião idólatra que saiam (“Sai dela, povo meu”) desta religião que é abominável a Deus e que também não participem das coisas materiais que esta cidade comercializa para que não incorras sobre si essas pragas.

                  “No Apocalipse, a palavra Babilônia aparece seis vezes. E é interessante porque o número seis era o número de mistério do culto pagão da antiga Babilônia. A construção dessa cidade por Ninrode culminou na apostasia da torre de Babel, que passou a significar “grande confusão”. Desde aquele dia até hoje, Babilônia tem simbolizado apostasia, arrogância, confusão e tentativa de salvação baseada nos falíveis esforços humanos”.

                  Mas uma vez “Sai dela, povo meu” o povo de Deus, aqueles que não estão contaminados com o pecado da grande Babilônia, sai dela e não participem de sua falsa religião idólatra. Povo de Deus saí de Babilônia a grande cidade Roma.

 

Versículos:

Saí de babilônia, fugi de entre os caldeus. E anunciai com voz de júbilo, fazei ouvir isso,

e levai-o até ao fim da terra; dizei: O SENHOR remiu a seu servo Jacó.
Isaías 48:20

Retirai-vos, retirai-vos, saí daí, não toqueis coisa imunda; saí do meio dela,

purificai-vos, os que levais os vasos do Senhor.
Isaías 52:11

Fugi do meio de babilônia, e saí da terra dos caldeus, e sede como os bodes diante do rebanho.
Jeremias 50:8

Fugi do meio de babilônia, e livrai cada um a sua alma, e não vos destruais na sua maldade;

porque este é o tempo da vingança do SENHOR; que lhe dará a sua recompensa.
Jeremias 51:6

Saí do meio dela, ó povo meu, e livrai cada um a sua alma do ardor da ira do Senhor.
Jeremias 51:45

E agora, Senhor Deus de Israel, cumpra-se a tua palavra, que disseste ao teu servo Davi.
2 Crônicas 6:17

Mas, quando somos julgados, somos repreendidos pelo Senhor, para não sermos condenados com o mundo.
1 Coríntios 11:32

 

Continue o Estudo - Leia Mais:

« anterior | próximo »

 

Apocalipse 18 – Caiu a Grande Babilônia – Outro Anjo Forte

Apocalipse 18 – Babilônia Comercial Se Glorificou e em Delícias Esteve