Apocalipse 22 – Árvore da Vida Nunca Mais Haverá Maldição

Árvore da Vida Nunca Mais Haverá Maldição - Apocalipse 22

Árvore da Vida

A Árvore da Vida

Nunca Mais Haverá Maldição

22.2-3 No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações.
E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão.

                  A árvore da vida é fruto de retidão, é um falar amável, é um anseio satisfeito e é sabedoria, logo quem à abraça será abençoado.

                  Árvore da vida simboliza a vida eterna que é concedida a aqueles que estarão no céu com Deus e o Cordeiro e desfrutarão de seus frutos que dão mensalmente para alimento e as suas folhas trarão saúde as nações.

                  Na cidade santa nunca mais haverá maldição contra alguém, será um lugar santo cheio do amor de Deus, porque lá estará o trono de Deus e o Cordeiro que serão servidos pelos seus servos e a sua glória resplandecerá eternamente.

 

Versículos:

Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade,
mansidão e domínio próprio.
Gálatas 5:22,23

Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito.
Não sejamos presunçosos, provocando uns aos outros e tendo inveja uns dos outros.
Gálatas 5:25,26

E junto ao rio, à sua margem, de um e de outro lado, nascerá toda a sorte de árvore que dá fruto para se comer;

não cairá a sua folha, nem acabará o seu fruto; nos seus meses produzirá novos frutos,

porque as suas águas saem do santuário; e o seu fruto servirá de comida e a sua folha de remédio.
Ezequiel 47:12

E o Senhor Deus fez brotar da terra toda a árvore agradável à vista, e boa para comida;

e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal.

Gênesis 2:9

Então disse o Senhor Deus: "Agora o homem se tornou como um de nós, conhecendo o bem e o mal. Não se deve, pois,

permitir que ele também tome do fruto da árvore da vida e o coma, e viva para sempre".
Por isso o Senhor Deus o mandou embora do jardim do Éden para cultivar o solo do qual fora tirado.
Depois de expulsar o homem, colocou a leste do jardim do Éden querubins e uma espada flamejante que se movia, guardando o caminho para a árvore da vida.
Gênesis 3:22-24

Portanto, irmãos, temos plena confiança para entrar no Santo dos Santos pelo sangue de Jesus,
por um novo e vivo caminho que ele nos abriu por meio do véu, isto é, do seu corpo.
Temos, pois, um grande sacerdote sobre a casa de Deus.
Hebreus 10:19-21

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer,

dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus.
Apocalipse 2:7

O fruto da retidão é árvore de vida, e aquele que conquista almas é sábio. 

Provérbios 11:30

O falar amável é árvore de vida, mas o falar enganoso esmaga o espírito. 

Provérbios 15:4

A esperança que se retarda deixa o coração doente, mas o anseio satisfeito é árvore de vida. 

Provérbios 13:12

A sabedoria é árvore que dá vida a quem a abraça; quem a ela se apega será abençoado. 

Provérbios 3:18

Cuja boca está cheia de maldição e amargura.

 Romanos 3:14

Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós;

porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;

Gálatas 3:13

Eis que hoje eu ponho diante de vós a bênção e a maldição;

Deuteronômio 11:26

A maldição do Senhor habita na casa do ímpio, mas a habitação dos justos abençoará.

Provérbios 3:33

Tu lhes darás ânsia de coração, maldição tua sobre eles.

Lamentações 3:65

 

Continue o Estudo - Leia Mais:

« anterior | próximo »

 

Apocalipse 22 – Rio Puro da Água da Vida Direto do Trono de Deus

Apocalipse 22 – Porque Deus Não Nós Permite Ver o Seu Rosto Hoje?

A obra de arte em destaque nesta página é protegida por Pat Marvenko Smith e é ilegal copiar , publicar ou vender as imagens. Mas quem quiser adquiri-la pode encomendar pelo website em www.revelationillustrated.com.